Perguntas frequentes

Perguntas frequentes

Perguntas frequentes 1024 768 Ana Monção

O bem estar psicológico, a gestão das emoções na família e no trabalho ou nas equipas profissionais de que fazemos parte são, para todos nós, uma realidade e prioridade numa vida que se pretenda equilibrada e satisfatória.

Num mundo em mudança cada vez mais acelerada e em que os laços sociais – o vizinho, o amigo que mora perto, o lojista que nos dá uma mão – tendem a não estar lá, atingir esse bem estar psicológico tem vindo a tornar-se cada vez mais difícil e importante.

A quem se destinam estas sessões?

A ideia de que as pessoas que procuram aconselhamento psicológico são doentes mentais, é falsa. Essa ideia, mal comparado, é quase equivalente a considerar um doente com uma perna partida, como um doente terminal.

Todos nós que, num momento das nossas vidas, nos sentimos mais vulneráveis psicologicamente (por razões familiares, pessoais ou profissionais), nos queremos entender mais profundamente para dirigir o nosso destino, aprender a gerir melhor as nossas emoções ou simplesmente “desabafar” num contexto privado e confidencial, podemos solicitar estas sessões. As sessões de acompanhamento psicológico ou psicoterapia têm como objetivo dar o apoio (mais ou menos pontual) de que as pessoas necessitam num dado momento do seu projeto ou percurso de vida.

Quanto tempo duram?

Depende de cada caso. O atendimento pode durar uma só sessão (de 1,30h), ou várias sessões (com a duração de 50 minutos cada). Fala-se de aconselhamento psicológico quando o motivo da consulta é circunscrito a um evento pontual. Usualmente as sessões (duração geralmente inferior a 3 meses). A psicoterapia individual implica uma reorganização mais profunda da pessoa. 

A duração, porém,  não é o aspecto importante, mas o que dela resulta. Na verdade a duração é, em grande parte, determinada pelo utente: quando se sente bem, é normalmente o paciente que experimenta – e diz – ter chegado ao fim.

O que se passa em cada sessão?

Paciente e terapeuta conversam, é uma terapia verbal. O paciente fala livremente do que o preocupa, cabendo ao terapeuta tentar compreender o que se passa e passar essa compreensão ao paciente para que ele possa avançar no processo de descoberta pessoal.

Como faço para marcar uma sessão? Quais são os horários?

Através de uma chamada ou mail para o terapeuta, marcam em conjunto sessões individuais. A faixa horária situa-se entre as 8 da manhã e as 24 horas. Cada paciente representa uma faixa na agenda, geralmente fixa, que não pode ser ocupada por outro paciente. Dito de outro modo, cada paciente está geralmente marcado para a mesma hora, no mesmo dia, na semana seguinte, no caso das sessões continuadas.

Os pacientes devem, por mail ou SMS, comunicar no mínimo com 24 horas de antecedência a falta a uma sessão. Do terapeuta espera-se o mesmo.

Deixar uma resposta

%d bloggers like this: