Adolescência: uma fase de transição

Adolescência: uma fase de transição

Adolescência: uma fase de transição 567 319 Ana Monção

Adolescência:

uma fase de transição

“Quando eu era mais jovem … naquela época, era tipo: EU. Os meus sentimentos, a minha cabeça, as minhas coisas … Mas agora, estou sempre a pensar em tudo e todos à minha volta … é como uma bola de neve a entrar no mundo inteiro que eu conheço: a minha família, a minha escola, os meus amigos, os namorados, onde vou trabalhar um dia, quanto dinheiro vou ganhar, todas essas coisas… Tenho de aprender a lidar com os meus sentimentos e todas as outras coisas. Se não, fica tudo fora de controle.” (Sara, 17 anos)

“Os adolescentes podem facilmente comprar a mensagem errada de que são estúpidos, gordos, feios, perdedores – tantas não-verdades – mesmo quando em sua casa e os amigos dizem exatamente o contrário. O mundo, com as suas pressões, redes sociais, plataformas onde somos anónimos, podem levar um miúdo magro a sentir-se gordo e um miúdo inteligente a sentir-se estúpido. Ficas a sentir-te tipo sozinho no meio da multidão.” (Rui, 19 anos)

As reflexões da Sara e do Rui ilustram experiências de dois adolescentes no processo de crescimento.

Numa perspectiva de desenvolvimento, a adolescência é um período entusiasmante e entusiasmado, mas também pleno de desafios:

  • Fisicamente, os adolescentes veem o seu corpo a mudar. Questionam-se se são atraentes para o sexo oposto, preocupam-se ao detalhe com a aparência, o peso, etc.
  • Cognitivamente, começam a olhar o mundo de uma maneira diferente e a querer ter nele uma voz ativa
  • As relações com a família e os amigos alteram-se, ocupando um lugar central nas suas preocupações
  • Têm de alcançar autonomia psicológica e preocupam-se com a autonomia financeira futura que lhes garantirá liberdade
  • Têm de adquirir, com sucesso, competências académicas que lhes permitam transitar para níveis superiores de ensino e, mais tarde, proporcionar um emprego;
  • Social e emocionalmente têm de criar relações próximas com os amigos e relacionar-se com o sexo oposto
  • A adolescência é fortemente marcada pela procura da identidade pessoal.

Cada um destes tópicos poderia dar origem a artigos diferentes, mas vamos centrar-nos no último num próximo post.

Deixo-vos para já com dois videos.

%d bloggers like this: