A procura da identidade, da auto-expressão e da auto-estima através da moda

A procura da identidade, da auto-expressão e da auto-estima através da moda

A procura da identidade, da auto-expressão e da auto-estima através da moda 1136 564 Ana Monção

A procura da identidade, da auto-expressão e da auto-estima

através da moda

A adolescência é uma época em que o desenvolvimento da identidade ocupa um lugar central.
Os adolescentes podem ser das pessoas mais conscientes do planeta em termos de moda precisamente por causa dessa procura do Eu. É uma das suas maneiras – se não a mais importante – de mostrar ao mundo quem são ou quem querem ser .

A imagem/identidade corporal tem para eles um enorme impacto na vida de todos os dias – basta pesquisar páginas do Tik-tok ou do Instagram, repletas de selfies e looks sempre em mutação, à espera de aprovação e comentários.

Durante esse período, os adolescentes não estão, na realidade, claramente conscientes de quem são ou de quem querem tornar-se e procuram na moda, no consumo simbólico, a via para criarem o auto-conceito.

A moda é também um caminho para obterem status social, vincularem-se com os colegas e expressar crenças e afiliações a grupos (os góticos, os punks, os vegan, os hippies, etc). Vejamos o exemplo da moda hip-hop:

DESCODIFICANDO A MODA HIP-HOP

hip hop fashion
  • As roupas usadas pelos adolescentes do hip-hop fazem parte de um código de estilo de vida projetado para os distinguir de outros adultos e jovens.
  • A mensagem básica deste código é “a dureza das ruas”.
  • O uso de calças com a carcela perto dos joelhos imita a moda das prisões (por razões de segurança os prisioneiros não podem usar cintos e as calças são usadas desta forma.
  • A joalharia usada pelos adolescentes hip-hop (correntes no pescoço brincos, etc.), envia uma mensagem de dureza e intimidação.
  • No entanto, a moda, ao absorver o hip-hop nas suas coleções diminuiu significativamente o impacto deste código gangster intimidante.
  • Os rapazes gostam de usar calças largas viradas para trás, camisas e casacos com mangas ultra-longas, ténis sem atacadores e bonés.

MODA E AUTO-ESTIMA

Usar roupas e cortes de cabelo com que se sintam bem, ajuda os adolescentes também a sentirem-se bem consigo próprios, ou seja, a elevar a sua auto-estima.

A auto-estima pode definir-se como a atitude positiva ou negativa de um indivíduo em relação a si próprio, é uma auto-avaliação que se consubstancia na pergunta ”Gosto de mim?”.

As pessoas com auto-estima valorizam.se positivamente e confessam-se mais satisfeitas consigo próprias e, por conseguinte, mais felizes e seguras. A baixa auto-estima é um sintoma importante da depressão, enquanto que uma boa auto-estima tem sido considerada um dos fatores mais importantes para manter a saúde psicológica e social durante a adolescência.

O tema da  auto-estima merecerá, só por si, no futuro vários posts dedicados neste Blog.

%d bloggers like this: