2º confinamento: de novo sem abraços

2º confinamento: de novo sem abraços

2º confinamento: de novo sem abraços 2560 1700 Ana Monção

2º confinamento: de novo sem abraços

Longing, longing… saudades, muitas. Neste segundo confinamento os teens já lamentam não poder estar de novo próximos dos seus namorado(a)s. De novo, sem abraços….

“Porque é que às vezes custa dizer aquilo que sentimos, coisas boas, às pessoas que gostamos? porque é que parece foleiro se é a verdade pura? tipo dizer “amo-te” a um amigo ou à família. acho que devíamos fazer isto mais vezes”.

“Adoro os teus abraços inesperados quando me vês”

Tantas formas de o dizer… O bailarino Hans Beenhakker do Wuppertaler Tanztheater di-lo de uma forma com a famosa música da George Gershwin “The Man I love”, a Madonna de outra forma. Vejam e ouçam

%d bloggers like this: